Se sua empresa já começou a investir em Marketing de Conteúdo, certamente já deve estar ciente da necessidade de alinhar o funil de vendas à jornada de compra de seu público-alvo.

O funil de vendas é a maneira mais eficaz de você alcançar resultados positivos e sucessivos de conversão de leads em clientes fiéis e quer saber como? Irei lhe explicar tudo que precisa saber para implementar uma estratégia de funil de vendas em seu negócio e transformá-lo em referência. Confira!

Mas afinal, o que é o funil de vendas?

Funil de vendas o que é?

Vou explicar de maneira bem clara aqui. Funil de vendas nada mais é do acompanhar as necessidades de seus clientes desde o momento em que ele demonstra interesse em seu produto ou serviço, lhe entregando seus dados, até o momento em que ele decide fechar negócio com sua empresa.

O funil de vendas consiste basicamente em três etapas iniciais, que são:

1 – O topo do funil

O topo do funil de vendas geralmente é onde tem maior volume de visitantes e curiosos que ainda não possuem conhecimento da necessidade de seu produto ou serviço. Se você investir em gerar mais tráfego maiores oportunidades de possíveis clientes irão surgir.

Aqui seu único objetivo é despertar seu interesse, atraí-lo para o meio do funil e torna-lo um lead qualificado.

2 – O meio do funil

Já nesta segunda etapa o visitante já se tornou um lead, porém ele ainda está indeciso se seu produto ou serviço é a melhor escolha ou não. Aqui ele já reconheceu a necessidade de recorrer a um produto ou serviço como o seu.

E seu trabalho é enviar mais informações a ele sobre sua empresa, reputação, e informações aprofundadas de seu produto. Aí ele decidirá se irá avançar para o fundo do funil de vendas ou não.

3 – O fundo do funil

Esta última etapa consiste na decisão de compra do lead qualificado, ele se tornará cliente ou não? Aqui você deverá incentivá-lo a escolher o seu produto, por que ele é o melhor para sanar os problemas do usuário?

Ele já está decidido a comprar e se seu produto for o melhor dentre a concorrência, certamente você ganhará um novo cliente.

E o seu trabalho no funil de vendas é aprimorar e sempre atualizar o conteúdo de cada etapa do funil para nutrir seu cliente o conduzindo de maneira natural para o fundo do funil, onde ele estará convencido que precisa fechar negócio com você ou ele estará perdendo uma grande oportunidade.

Por que acompanhar o seu funil de vendas?

Ao implementar uma estratégia focada na jornada de compra do cliente, você terá maior poder de modificar ou melhorar suas estratégias de inbound marketing. Isso fará também que você invista nos possíveis clientes reais.

Um funil de vendas bem estruturado lhe mostrará quem são os alvos reais para que assim você possa conduzi-los para as outras etapas até conseguir uma conversão em vendas de sucesso e não ficar preso a possíveis clientes que não irão lhe garantir vendas.

Além disso sua equipe de marketing e equipe de vendas podem trabalhar estratégias de forma alinhada e previsível afim de gerar mais eficiência do funil de vendas.

O funil de vendas, portanto, é a melhor maneira de entregar reputação e mostrar todo o valor de seu produto ou serviço e consequentemente de sua marca.

Como construir um funil de vendas para meu negócio?

Agora que você já está mais familiarizado com o conceito de funil de vendas, que tal entender um pouco mais como funciona na prática? Siga estes 4 passos para criar seu funil de vendas:

1 – Jornada de compras

Você juntamente com sua equipe, devem planejar e mapear a jornada de compras das personas que já foram devidamente definidas. É interessante que a equipe de vendas entre em contato com potenciais clientes para fazer um tipo de pesquisa e assim descobrir dados de interesses e dificuldades que eles podem encontrar dentro da jornada de compra.

2 – Defina as etapas

Aqui você fará um planejamento de conteúdo (você verá isso nos próximos artigos) de acordo com cada etapa do funil, considerando suas principais necessidades e interesses. Ao final, você terá um inbound marketing capaz de atrair, nutrir e fidelizar seus clientes.

3 – Defina o marco de cada etapa do funil

Aqui você irá apontar e trabalhar todos os marcos identificados em cada etapa do funil. O que despertou interesse no visitante para ele se tornar lead? Sua estratégia inicial funcionou para que o lead avançasse para o fundo do funil? Considere esses marcos como pontos a melhorar que tornarão seu processo de compra muito mais simples.

4 – Otimizar e escalar o funil de vendas

Após todo o trabalho de construção do funil de vendas de sua empresa, não significa que seu trabalho acabou por aí. Agora você deverá otimizar este funil e torna-lo escalável para garantir novas conversões futuras, e como fazer isso?

Primeiramente é indicado que você divida este processo em duas partes: otimização e escala.

Na primeira parte do processo, sua equipe irá trabalhar as análises de produtividade definindo os indicadores de performance e o número alcançado de taxas de conversões. Assim será muito mais fácil determinar o caminho a ser seguido e alcançar as metas propostas.

A segunda parte deverá ser trabalhada com o propósito de garantir que as pessoas certas estejam focadas em garantir resultados reais ao processo de vendas.

Podemos definir o processo de escala em duas partes: Onboarding que visa transmitir conhecimento e desenvolver competência para o responsável atingir as metas de vendas.

Ongoing, que caracteriza a manutenção do conhecimento e a adaptação às mudanças constantes de planejamento do funil de vendas.

Conclusão

A compreensão e a implementação do funil de vendas podem sim salvar o seu negócio e eleva-lo a níveis inimagináveis do sucesso.

Mas para criar um funil de vendas de sucesso para alimentar sua máquina de aquisição de clientes, é de extrema importância que você se atente ao conteúdo entregue a cada etapa do funil, e é exatamente isso que irei falar nos próximos artigos.

Portanto fique atento para continuarmos esta jornada juntos!

Você quer vender mais?

Agende uma conversa para falar sobre o seu projeto com um de nossos especialistas
Fale com um especialista
Siga nas redes sociais