A inteligência comercial é uma estratégia eficaz para alavancar as vendas, que traz um diferencial enorme para as empresas. De que lado você prefere ficar: do empreendedor preparado ou daquele que irá se deparar inevitavelmente com o fracasso?

Garantir o crescimento profissional e um negócio rentável exige experiência, mas também qualificação. Há diversas características que permitem atingir o cliente positivamente e conquistá-lo. O objetivo é identificar o que ele precisa e ir diretamente ao ponto, oferecendo a solução para os seus problemas.

E quem é o vendedor, se não um profissional munido das informações certas e traquejo para lidar com outros indivíduos? Saiba agora os princípios da inteligência comercial.

Como Ter Inteligência Comercial

1 – Conhecer o Negócio

Antes de mais nada, você só vai conseguir sucesso em vendas se pesquisar a fundo o que o produto ou serviço tem a oferecer. Lembre-se de que o que está sendo vendida é uma experiência imperdível para o cliente, não um objeto qualquer.

A informação é a sua melhor ferramenta de trabalho. É evidente que psicologia e poder de persuasão ajudam no processo, mas contra fatos não há argumentos, certo? Uma boa base de conhecimento te faz ter as respostas certas para cada dúvida do comprador. 

2 – Conhecer a Concorrência

De que forma o que você oferece pode se destacar da concorrência? Conhecendo exatamente qual é a estratégia dela. Assim, você vai definir a sua e fazer com que o seu marketing seja mais afiado e assertivo. 

Imagine que há diversas empresas que trabalham com o seu produto ou serviço. Você terá de fazer um planejamento sólido para que “a sua grama se torne mais verde” ou que a sua divulgação chame mais a atenção do possível cliente.

Sua equipe pode ajudar a fazer uma pesquisa profunda de concorrentes e a traçar a melhor estratégia para conquistar a maior fatia de mercado. O planejamento é um ponto fundamental da Inteligência comercial.

3 – Conhecer o Cliente

Para quem você vende? Sua equipe de vendas está pronta para lidar com esse público? 

O seu cliente pode ter diferentes perfis. Se você irá se encontrar com ele uma primeira vez, verifique o seu tom de conversa, suas preocupações. Identifique qual a melhor abordagem a ser feita com ele.

Do que ele precisa para fechar negócio?

4 – Tática de Vendas

Não é simplesmente abrir planilhas e mostrar gráficos. Você precisa ter uma tática de vendas bem definida antes do contato com o cliente. 

Pense que você tem apenas uma chance de causar a melhor primeira impressão. A conquista deve ser feita nesse momento. 

Demonstre conhecimento, embasamento e faça o comprador identificar que o que você propõe tem muitas vantagens para ele. Mais do que isso, ele precisa descobrir a necessidade de fechar o negócio agora. 

5 – Era da Informação

Por que ser eficiente de primeira deve ser o foco? Muito simples: vivemos a era da informação. 

Muitas pessoas preferem pesquisar o produto na internet, ler comentários e indicações, conversar com amigos sobre o assunto. Se você “passar no teste”, elas vão até você. 

Mas elas já têm em mente muitas perguntas e dúvidas, receios, conhece bem a concorrência. Qual o seu perfil atual? Chegar até a sua equipe de vendas esperando que ela surpreenda com novidades ou argumentos que ultrapassem sua pesquisa prévia.

O cliente deseja facilidades, comodidade e benefícios. Ele quer um “algo a mais” para não bater à porta da próxima empresa. Nesse momento, o profissional que tem Inteligência comercial está preparado para começar a disputa.

6 – Aprendizado Constante

A sociedade muda e, com ela, o mercado caminha junto. Um se adapta ao outro. Cuidado para não tomar um susto ao descobrir que o que dava certo há 10 anos já não atinge o seu público atualmente.

As estratégias precisam ser traçadas de acordo com o momento vivido atualmente. Inclusive, o que acha de iniciar pesquisas com seus clientes para não perder de vista o perfil com o qual você trabalha?

A Persona e a Inteligência Comercial

Analisar contatos e definir indicadores são importantes dentro da inteligência comercial? É claro que sim. 

Quando lidamos com um negócio sólido, precisamos desses dados para promover constantes melhorias. Também conseguimos descobrir pontos fracos e fortes, fundamentais para o crescimento.

Porém jamais se esqueça da persona em si. O seu público é dividido em indivíduos dos mais diversos possíveis. 

Mesmo que seu segmento seja bastante fechado, cada cliente tem um perfil. Essa persona é que deve ser atingida, dentro das suas particularidades.

Descobriu como crescer trabalhando a inteligência comercial? Compartilhe as dicas!

 

Você quer vender mais?

Agende uma conversa para falar sobre o seu projeto com um de nossos especialistas
Fale com um especialista
Siga nas redes sociais