Apesar de ainda ser integrado nas diferentes formas de engajamento e relacionamento com os clientes, o Outbound Marketing é desconhecido por muitos. Isso porque, seu irmão mais novo, ou seja, o Inbound Marketing, é a bola da vez e muitos profissionais “recentes” no mercado, utilizaram apenas essa versão atualizada de marketing.

Diante de tantas estratégias diferenciadas e novas formas apresentadas diariamente para se comunicar e atrair clientes, focamos apenas no “novo marketing”. Por outro lado, é fundamental compreender ambas estratégias, pois existem planejamentos que integram ambas.

Qual seu nível de conhecimento acerca do Outbound Marketing? Você é capaz de distinguir na prática quando esse tradicional marketing é aplicado? Acompanhe a leitura e descubra a importância de reconhecer sua utilização para maximizar assim, os recursos oferecidos pelo novo formato de marketing. Confira!

Entenda o conceito de Outbound Marketing

Sem sombra de dúvidas, você deve conhecer o fundamento do Inbound, não é mesmo? Por meio do “Marketing de Atração” (Inbound Marketing) uma empresa foca suas atividades em atrair e fidelizar clientes.

Contudo, para definirmos com precisão o conceito e significado de Outbound Marketing, basta pensarmos que ele é o oposto do marketing digital. Sendo assim, é uma forma mais “agressiva” de literalmente sair em busca do cliente.

Nesse processo são esquecidos importantes conceitos presentes no novo marketing, como o interesse autêntico do cliente na marca. Em outras palavras, o foco não é nutrir a visão do cliente quanto à empresa e marca, contanto que o mesmo consuma.

Seu principal “pico de crescimento” foi condicionado pela utilização e veiculação de propagandas através de: rádio; revistas; jornais; TV; eventos patrocinados; cartazes e diferentes outros meios presentes na publicidade convencional.

Engana-se quem pensa que o Outbound Marketing não existe no universo digital e online.

Vamos assumir que está buscando um vídeo sobre tecnologia no YouTube e acaba encontrando. Quando o vídeo está para iniciar você é interrompido por uma propaganda, saiba que esse é um exemplo claro de Outbound no meio digital.

Esse “modelo de vendas” era, na maioria das vezes, atrelado às grandes empresas devido ao seu alto custo. Imagine o valor para aparecer em cadeia nacional. Certamente inviabilizava a integração de médias e pequenas empresas.

Agora que já possui uma visão mais aprimorada do que é o Outbound Marketing, é hora de conhecer uma aplicação que facilitará seu entendimento completo. Acompanhe!

Aplicação do Marketing tradicional no dia a dia

Ao longo dos anos o marketing tradicional também evoluiu e permitiu assim, que empresas menores pudessem agir nesse método.

Para contar com um planejamento eficaz muitas empresas tornam o Inbound Marketing seu carro chefe, porém, sem deixar o tradicional e velho marketing de fora. Dessa forma, uma escola de artes marciais, por exemplo, pode estar presente em ambas as frentes de atração e conversão.

Se em um primeiro momento essa escola atua de forma a nutrir e se tornar relevante para seu público-alvo em diferentes áreas, é possível e fundamental fixar sua base local e atrair seu público mais próximo.

Para tanto, existem algumas estratégias advindas do Outbound, como a entrega de folhetos promocionais para o público local. Por meio da distribuição em comércios localizados próximos à escola, ou até mesmo um anúncio na rádio da cidade, o campo de atuação é ampliado.

No mesmo plano de execução a empresa pode criar e veicular um anúncio de mídia paga, para fortalecer as ações tomadas acima. De forma não tão cirúrgica como a aplicação da essência do Inbound, essas ações podem encontrar suscetíveis clientes nesses meios de veiculação.

É possível aplicar o Outbound e Inbound Marketing em uma mesma estratégia?

Se partir do pressuposto de que uma estratégia definitivamente não atrapalha ou mesmo influencia a outra, é possível sim conciliar e adequar os direcionamentos presentes em cada um dos modelos de marketing.

Vale ressaltar a imprescindibilidade de observar alguns aspectos que facilitam a mensuração e previsão dos resultados. O mais importante indicador de que determinadas guinadas estratégicas realmente funcionam é o Retorno sobre Investimento (ROI).

Isso porque, esses dados viabilizam ou não uma estratégia e possibilita a empresa determinar os melhores veículos e que justificam os investimentos, sejam eles monetários ou mesmo de tempo despendido para tal ação.

Como todos sabemos, é mais simplificado mensurar a eficácia de uma estratégia de Inbound Marketing. Afinal de contas, existem dados sobre as conversões, alcance e acima de tudo, vendas.

Entretanto, essa é uma das desvantagens do Outbound Marketing quando comparado ao marketing digital. Como é possível determinar que um outdoor localizado no centro da cidade, gerou vendas, por exemplo?

Quer realmente ganhar assertividade na hora de mensurar os resultados? Anote aí!

• Definir a Persona ideal da empresa (perfil aprimorado do cliente);

• Determinar o ticket médio da empresa;

• Ter a jornada de compra desenhada e especificada no papel;

• Levantar o nível de engajamento e funcionalidade da equipe interna responsável pelo Marketing e Vendas;

• Definir e aplicar os conceitos do arquétipo da gestão da empresa.

Quando uma empresa desenvolve um planejamento baseado nos moldes listados acima, é possível determinar a qualidade e alcance das estratégias de Inbound e acima de tudo, entender como o Outbound Marketing pode ampliar o escopo da estratégia executada.

Conheça um exemplo clássico de coexistência das estratégias de Marketing

Veja a seguir um exemplo que corrobora para a aplicação em conjunto das estratégias, que são distintas, mas propícias a se completarem caso haja um trabalho bem feito e profissional.

Atuação de uma loja digital (e-commerce) e loja física

Uma ação tomada com frequência por empresas que visionam o futuro do marketing, é justamente estar presente em todos os meios possíveis. Em vista disso, é cada dia mais comum a presença de lojas físicas no meio digital, ou seja, com e-commerces.

Por meio de ações que realizam a coleta e inserção das informações dos clientes em um banco de dados, a empresa consegue determinar quais clientes vieram do Marketing tradicional, isto é, surgiram de um ambiente desconectado, bem como os que vieram do ambiente online.

Dessa maneira, além de ampliar o campo de atuação é provável o direcionamento dos clientes que ainda não fazem parte das vendas online, para atuarem nos e-commerces, fortalecendo assim as estratégias de Inbound Marketing.

O que acha de aderir e funcionalizar ambas as estratégias em sua empresa? Saiba que quanto mais completo e presente no dia a dia do cliente, maiores as chances de vendas e fidelização à marca!

Você quer vender mais?

Agende uma conversa para falar sobre o seu projeto com um de nossos especialistas
Fale com um especialista
Siga nas redes sociais